Fábrica das Enguias

Mesmo na esquina da rua da Conceição com a rua da Prata o olhar dos passantes é atraído pelas portadas azul celeste da Fábrica das Enguias.

A cuidada apresentação da montra e a harmonia de paleta do espaço são um convite irresistível a entrar. Os expositores com os enlatados empilhados criam uma estética tentadora, incutindo no cliente o desejo de questionar e de provar. A disponibilidade dos colaboradores atentos aos pedidos e dúvidas, são um ponto forte para comprar e querer voltar.

Mas esta esquina só há pouco tem o tom celeste, a transformação de um pequeno café onde se podia pedir uma bica e um pastel de nata, sempre quentinho com canela, acompanhado com um dedo de conversa, faz parte da evolução natural da cidade que se abre para outras culturas tendo como base a divulgação de raízes regionais.

Desse tempo fica na memória a frase- “coffee please” de um qualquer turista apressado.

Muitos dos que percorrem a Rua da Conceição até a igreja da Madalena, não saberão mas estão a trilhar a barreira que se construiu para travar o ímpeto do avanço de ondas gigantes do Tejo, tal o terror que provocaram na população do século XVIII.

Ver Artigo Completo

2017-09-07T19:36:58+00:00