De Regresso a Luz

Expostas em ambiente de semiobscuridade, as sete esculturas de caracter religioso que constituem a exposição temporária do museu de etnologia emanam uma tranquilidade que aliada a suavidade da música envolvente são um irresistível convite a introspeção.
A excelência da materialidade das peças rivaliza com a magia da serenidade interior que provocam, levando mesmo o visitante a sentir uma gratificante paz e calma que muitos apelidarão de bênção.

Não se pode fugir ao contraste que o dia a dia constantemente potencia mas a meditação induz a um foco de concentração que desencadeia estágios superiores de harmonia para quem a exerce.
Budas sentados e deitados com expressões de repouso rivalizam com as correrias do mundo moderno, e ao observá-los a agitação dos pensamentos e o turbilhão das emoções sofrem um safanão na mente, separam-se, rodopiam e voltam a amalgamar-se mas em padrões tais que aliviam tensões e provocam o prazer da calma
Afastado mas em localização de destaque o discípulo de Buda admira e contempla o seu mestre.
A saída os mais absortos conseguem, mesmo que em surdina, ouvir no seu intimo
Que a luz seja o teu caminho.

Ver Artigo Completo

2017-12-30T19:34:32+00:00